Polícia Civil do Guarujá
Polícia Civil do Guarujá

Homem que matou a ex-namorada e o irmão dela a facadas é preso no Guarujá

Matheus Fernandes, de 22 anos, é acusado de ter assassinado a ex-namorada e o irmão dela, de 12 anos

Luiz Alexandre Souza Ventura, Especial para o Estado

25 Agosto 2017 | 10h02

SANTOS - Acusado de matar a facadas a ex-namorada e o cunhado, Matheus Fernandes, de 22 anos, foi preso temporariamente nesta quinta-feira, 24, no Guarujá, no litoral sul de São Paulo. Fernandes vai ficar na cadeia anexa ao 1º DP enquanto a polícia ouve testemunhas. 

Ele é acusado de matar Nathalia Aparecida dos Santos Silva, 20, e o irmão dela, Matheus Santos Silva, de 12 anos. O crime ocorreu neste domingo, 20, e os corpos foram encontrados pela avó das vítimas. 

Em depoimento à polícia, Fernandes diz não saber como ou quantas vezes agrediu as vítimas. Após o crime, ele colocou a faca dentro da mochila porque "não sabia o que fazer com ela" e fugiu.

Fernandes compareceu à delegacia acompanhado do advogado Roberto de Carvalho Custódio. "Ele confessou os dois crimes e disse que agiu em legítima defesa porque foi atacado, mas as marcas nos corpos das duas vítimas contrariam essa versão", disse Nei Gomes, chefe dos investigadores do 1º Distrito Policial do Guarujá.  

À polícia, o acusado contou que havia passado a noite na casa da ex-namorada e teria dito a ela que iria a uma festa. "Quando soube da festa, a menina teria ficado com ciúme, pegado a faca e partido para cima dele. Afirmou ainda que o irmão da menina também o atacou, mas não lembra de mais nada depois disso", diz Gomes.

Mais conteúdo sobre:
Guarujá [SP]

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.