1. Usuário
Assine o Estadão
assine

Homem preso em flagrante por matar adolescente a socos é libertado

Chico Siqueira - Especial para O Estado

07 Março 2014 | 16h 30

O crime teria acontecido na presença de policiais militares, conselheiros tutelares e da mãe da vítima

Moradores do município de Gastão Vidigal, a 450 quilômetros de São Paulo, estão revoltados com a libertação de um homem acusado de matar a socos um adolescente de 16 anos, na segunda-feira, 3. O encarregado de produção Fabrício Avelino de Almeida, de 26 anos, conhecido na cidade pela fama de valentão, só teria parado de bater em Renato Duarte Horácio quando ele caiu, já sem vida, na calçada em frente à Delegacia de Polícia de Gastão Vidigal.

O crime teria acontecido na presença de PMs, conselheiros tutelares e da mãe de Horário, a técnica em enfermagem Vanessa Duarte, que trabalha na prefeitura de Guarulhos e passava o carnaval com os dois filhos no sítio de uma amiga.

Horácio foi morto depois de fotografar o movimento da praça da cidade, em companhia da mãe e do irmão, de 18 anos. Os três foram levados para a delegacia depois que a Polícia Militar recebeu uma denúncia de que pedófilos estariam fotografando crianças no município. A polícia constatou que os três não estavam envolvidos com a denúncia e liberou o grupo, mas, na saída, Almeida - que não tinha qualquer ligação com a ocorrência - espancou o adolescente.

Almeida desferiu dois socos no jovem, que foi colocado no carro da mãe. "Ele veio para cima do carro e o menino, acho que por medo, saiu pela outra porta, correndo para rua. Mesmo assim, ele foi atrás dele e colocou o menino no capô do carro de uma conselheira tutelar, passando a espancá-lo com socos na cabeça", contou a enfermeira Adriana Simonatto, dona do sítio e amiga de Vanessa. "Gritamos, chamando a polícia, e a mãe tentou apartar, mas também foi agredida com socos. Almeida só parou quando o menino caiu no chão, sofrendo convulsões, praticamente sem vida."

O agressor foi preso em flagrante por lesões corporais seguida de morte, mas ainda na segunda-feira, 3, o juiz José Manoel Ferreira Filho, plantonista na comarca de Votuporanga, concedeu liberdade a ele. O advogado Agenor Marquezini disse que seu cliente está em liberdade provisória por ter bons antecedentes e residência fixa e que não poderia falar sobre o caso até a divulgação do laudo da morte pelo Instituto Médico Legal (IML), que deve sair na terça-feira, 11.

O delegado de polícia de Gastão Vidigal, Abelardo Alves Gomes, disse que, se não houver fato novo, o agressor continuará em liberdade, o que revolvou os moradores da cidade. "Não conseguimos compreender como uma coisa dessas aconteceu na nossa cidade. Pior ainda, como a Justiça mantém em liberdade uma pessoa que pratica um crime desses", lamentou a comerciante Luísa Lourdes Ribeiro."Este homem é conhecido da PM pela fama de briguento e valentão. Como pode estar em liberdade?", disse Adriana.

A reportagem tentou falar com o juiz Ferreira Filho, mas não houve retorno das ligações.

 

 

Você já leu 5 textos neste mês

Continue Lendo

Cadastre-se agora ou faça seu login

É rápido e grátis

Faça o login se você já é cadastro ou assinante

Ou faça o login com o gmail

Login com Google

Sou assinante - Acesso

Para assinar, utilize o seu login e senha de assinante

Já sou cadastrado

Para acessar, utilize o seu login e senha

Utilize os mesmos login e senha já cadastrados anteriormente no Estadão

Quero criar meu login

Acesso fácil e rápido

Se você é assinante do Jornal impresso, preencha os dados abaixo e cadastre-se para criar seu login e senha

Esqueci minha senha

Acesso fácil e rápido

Quero me cadastrar

Acesso fácil e rápido

Cadastre-se já e tenha acesso total ao conteúdo do site do Estadão. Seus dados serão guardados com total segurança e sigilo

Cadastro realizado

Obrigado, você optou por aproveitar todo o nosso conteúdo

Em instantes, você receberá uma mensagem no e-mail. Clique no link fornecido e crie sua senha

Importante!

Caso você não receba o e-mail, verifique se o filtro anti-spam do seu e-mail esta ativado

Quero me cadastrar

Acesso fácil e rápido

Estamos atualizando nosso cadastro, por favor confirme os dados abaixo