1. Usuário
Assine o Estadão
assine
  • Comentar
  • A+ A-
  • Imprimir
  • E-mail

Homem faz juíza refém dentro do Fórum do Butantã, em SP

- Atualizado: 31 Março 2016 | 11h 05

Agressor jogou gasolina na magistrada, que conseguiu escapar

Caso ocorreu no Fórum do Butantã, zona oeste de São Paulo

Caso ocorreu no Fórum do Butantã, zona oeste de São Paulo

SÃO PAULO - Um homem fez uma juíza refém e ameaçou atear fogo no corpo dela no Fórum do Butantã, na zona oeste de São Paulo, na tarde desta quarta-feira, 30. Ele foi cercado e preso por policiais militares. O agressor, segundo a assessoria do Tribunal de Justiça de São Paulo (TJ-SP), entrou correndo pela saída do prédio, que não tem detector de metais, e incendiou um dos corredores.

Por causa das chamas, policiais e funcionários que trabalhavam no local não conseguiram deter o homem, identificado como Alfredo José dos Santos, de 36 anos. Policiais apuraram que ele teria uma audiência com a juíza Tatiane Moreira Lima, mas o TJ-SP não confirmou a informação. Em 2013, foi registrado um boletim de ocorrência contra Santos por agressão à sua mulher.

A juíza Tatiana Moreira Lima

A juíza Tatiana Moreira Lima

Segundo a polícia, ele entrou no prédio carregando gasolina em pequenas garrafas guardadas no bolso e ainda tinha coquetéis molotov na mochila. Após incendiar a escadaria, Santos correu até um dos corredores do fórum e agarrou a juíza. 

Durante a ação, o homem deu uma “gravata” na magistrada e jogou combustível no corpo dela. Em seguida, o agressor lançou outro produto químico na juíza e fazia ameaças de que iria atear fogo. Toda a segurança do fórum se mobilizou para contê-lo. Ele foi cercado por PMs e, depois de breve negociação, se entregou.

Policiais do Grupo de Ações Táticas Especiais (Gate) da PM e do Grupo Especial de Resgate (GER) da Polícia Civil fizeram uma varredura no prédio em busca de outros explosivos. Os policiais constataram que uma das embalagens que continha o produto químico que Santos pretendia jogar na magistrada estava derretendo.

Um artefato com tubos de plástico fechados nas extremidades e pavio improvisado de tecido foi encontrado no fórum. O prédio foi evacuado e os bombeiros ajudaram nas buscas. Santos foi preso, levado para o 51.º Distrito Policial (Butantã) e autuado em flagrante por tentativa de homicídio. Antes, ele recebeu atendimento médico no Pronto-Socorro do Hospital Universitário. A juíza foi socorrida e levada para o Hospital Albert Einstein. Ela teve escoriações leves e passa bem.

Defesa da mulher. A juíza é responsável pela Vara da Violência Doméstica e Familiar contra a Mulher da zona oeste de São Paulo. 

Ela já ministrou várias palestras sobre a violência contra a mulher e a aplicação da Lei Maria da Penha. A magistrada é um dos nomes mais respeitados no assunto no Estado.

Veja abaixo os vídeos da ação do homem no Fórum do Butantã:

Comentários

Aviso: Os comentários são de responsabilidade de seus autores e não representam a opinião do Estadão.
É vetada a inserção de comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem direitos de terceiros. O Estadão poderá retirar, sem prévia notificação, comentários postados que não respeitem os criterios impostos neste aviso ou que estejam fora do tema proposto.

Você pode digitar 600 caracteres.

Mais em São PauloX