Divulgação/Polícia
Divulgação/Polícia

Homem é preso após se masturbar na frente de criança na zona norte de SP

Mãe e filha, de 7 anos, passavam pela Praça Campos de Bagatelle a pé e relataram aos policiais terem visto o suspeito se masturbando

Felipe Resk, O Estado de S.Paulo

06 Setembro 2017 | 21h06

SÃO PAULO - Felippe Magarian Messias, de 34 anos, foi preso em flagrante nesta quarta-feira, 6, suspeito de se masturbar na frente de uma criança de sete anos na Praça Campos de Bagatelle, na zona norte da capital paulista. Ele foi detido por policiais do Grupo Armado de Repressão a Roubos e Assaltos (Garra), do Departamento de Investigações Criminais (Deic).

Segundo a Polícia Civil, os agentes foram avisados do ato obsceno pela mãe da criança. As duas passavam pelo local a pé e relataram aos policiais terem visto o suspeito se masturbando.

Em seguida, Messias teria tentado fugir, embarcando em um ônibus, mas foi detido pelos agentes do Deic, próximo à Ponte das Bandeiras. O suspeito foi algemado e levado na viatura até a 4.º Delegacia de Pedofilia, do Departamento de Homicídios e de Proteção à Pessoa (DHPP), onde foi feito o registro.

"Ele foi enquadrado nos crimes de praticar ato obsceno em lugar público (art. 233) e praticar na presença de alguém menor de 14 anos ato libidinoso (art. 218-A)", afirma a Secretaria da Segurança Pública. "O indiciado foi colocado à disposição da Justiça."

Recorrente. Na última semana, um homem foi preso duas vezes em um intervalo de quatro dias por ejacular em mulheres dentro de ônibus na região da Avenida Paulista. Diego Ferreira de Novais, de 27 anos, atacou uma jovem de 23 anos na terça-feira, 29 de agosto. Solto na quarta-feira, 30, após juíz responsável pelo caso não considerar o crime enquanto estupro,  ele foi detido novamente pelo mesmo crime na manhã de sábado, 2. Segundo a Polícia Civil, ele já tinha outras duas passagens por crimes sexuais, a última delas no ano passado.

 

 

 

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.