1. Usuário
Assine o Estadão
assine

Homem é morto a facadas após briga de trânsito na Marginal do Pinheiros

Bárbara Ferreira Santos - O Estado de S. Paulo

31 Janeiro 2014 | 08h 22

Condutor de veículo se desentendeu com outros dois homens e foi assassinado na alça de acesso da Ponte do Jaguaré, na zona oeste de São Paulo; mulher e filho da vítima presenciaram o crime

Atualizado às 14h33

SÃO PAULO - Um motorista foi morto a facadas após uma briga de trânsito na alça de acesso da Ponte do Jaguaré para a Marginal do Pinheiros, sentido Lapa, na zona oeste da capital. O crime aconteceu às 5h35 desta sexta-feira, 31, e dois homens foram presos em flagrante pela Polícia Militar. O caso foi registrado no 91.º D.P. (Ceagesp).

O técnico industrial Tiago Koswoski, de 33 anos, estava levando a mulher ao trabalho e em seguida deixaria o filho, de 1 ano e 2 meses, na escolinha. Quando um pequeno caminhão fechou e bateu no carro de Koswoski, um Agile, o técnico desceu com um pau para obrigar os motoristas a parar. Após luta corporal, foi atingido pelos golpes e morreu no local. "Ele queria acertar a janela ou uma porta", afirmou o sogro de Tiago, Luiz Antonio D'Orácio, securitário, de 46 anos.

A mulher viu toda a cena do assassinato. "Estou muito chocada, sem chão, não consigo nem falar", afirmou Tabata Koswoski, bancária, de 24 anos. Segundo testemunhas, os dois homens que o mataram a facadas estavam fechando diversos carros desde a Rodovia Raposo Tavares.

De acordo com a família do autor dos golpes, Everton de Souza, de 32 anos, os dois estavam tentando se defender das pauladas. "Foi legítima defesa", afirmou a mãe de Everton, Etelvina Moreira de Souza, de 65 anos. Segundo D'Orácio, Tiago e a família de um dos criminosos moravam na mesma região, no Jardim Taboão, na zona oeste.