Reprodução Google Street View
Reprodução Google Street View

Homem é detido após ejacular sobre passageira de ônibus em Sorocaba

Vítima estava sentada num ônibus lotado quando percebeu que alguém se esfregava de forma insistente em suas costas

José Maria Tomazela, O Estado de S.Paulo

26 Setembro 2017 | 12h54

SOROCABA - Um homem de 43 anos foi detido nesta terça-feira, 26, após ser acusado de ejacular na passageira de um ônibus do transporte coletivo urbano, em Sorocaba, interior de São Paulo. 

A vítima, de 44 anos, seguia para o trabalho de doméstica num ônibus da linha que atende a zona industrial quando teria acontecido o ataque. 

A mulher contou à Polícia Civil que estava sentada no ônibus lotado quando percebeu que alguém se esfregava de forma insistente em suas costas.

Ao olhar para trás, viu o homem fechando o zíper da calça e notou que sua blusa estava suja nas costas. Identificando a sujeira como sêmen, ela gritou pedindo ajuda. O motorista parou o ônibus e acionou a Polícia Militar. Abalada e chorando, a mulher foi socorrida por outros passageiros.

O suspeito, Rodrigo Ribeiro da Luz, não tem antecedentes criminais e negou o crime. Ele foi levado para a delegacia da Polícia Civil e autuado por violação sexual mediante fraude, com pena prevista de dois a seis anos de reclusão. 

A blusa suja da vítima foi encaminhada para perícia. Depois de prestar depoimento, Luz ficou detido e será apresentado para audiência de custódia no Fórum local na manhã de quarta-feira, 27.

OUTRO CASO - Em Lins, na região de Bauru, um homem de 54 anos foi preso em flagrante, nesta segunda-feira, 25, após abusar sexualmente de uma passageira dentro de um ônibus. 

De acordo com relato da vítima, ela acordou com o suspeito passando a mão em suas partes íntimas. A mulher ainda observou que ele estava com o órgão sexual fora da calça e se masturbava. Ao perceber que a vítima se assustou, ele saiu do lugar e foi sentar em outra poltrona. 

Assim que o ônibus chegou ao terminal rodoviário de Lins, o autor do abuso tentou sair rapidamente, mas a mulher se antecipou e avisou o motorista. O suspeito tentou se desculpar com a vítima, mas foi detido. 

Na Central de Polícia Judiciária, o suspeito foi autuado em flagrante. De acordo com a Polícia Civil, ele foi identificado como José Carriel, morador da capital.

O homem é casado e reincidente nesse tipo de crime. O suspeito continuava preso na manhã desta terça-feira e ainda não tinha constituído advogado.

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.