''Há energia positiva em todo lugar''

O ministro dos Transportes, Obras Públicas e Manejo da Água da Holanda, Camiel Eurlings, esteve na semana passada na cidade para a abertura da exposição A Cidade Informal do Século XXI, que reúne projetos de urbanização feitos por arquitetos brasileiros e estrangeiros para favelas paulistanas. Ao lado do ministro das Relações Exteriores holandês, Maxime Verhagen, ele abriu a exposição Anne Frank e se reuniu com o prefeito Gilberto Kassab (DEM). Em casa. Camiel vem ao País com frequência por ter parentes em Pernambuco. Mas sua primeira visita à capital paulista foi em 2009. "Sinto-me em casa aqui. Há uma energia positiva em todo lugar. Nas favelas, as pessoas não têm quase nada, mas mantêm o otimismo", afirma. "São Paulo está florescendo e tem futuro. É o motor econômico do Brasil."

ANA BIZZOTTO, O Estado de S.Paulo

11 Abril 2010 | 00h00

Trânsito. Resolver o problema do trânsito, segundo ele, é um grande e urgente desafio para a cidade. "Há congestionamentos em toda parte. Após um jantar, demorei muito para chegar ao hotel", conta Eurlings, que sugere investimentos em um sistema integrado de transporte público.

Vida noturna. O ministro adorou a Vila Madalena. "É um lugar que mostra como a cidade é moderna, jovem, energética. E reparei que vários brasileiros conhecem muito bem a Holanda."

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.