Guindaste usado em obras de estação de metrô tomba sobre a calçada

Acidente aconteceu onde será a futura estação Morumbi; ninguém ficou ferido

Bruno Lupion, do estadão.com.br

07 Abril 2010 | 06h09

 

 

SÃO PAULO - Um guindaste de cerca de trinta metros de altura instalado no canteiro de obras da futura estação Morumbi do Metrô tombou na tarde de terça-feira, 6, por volta das 16 horas, e atingiu a calçada da Avenida Francisco Morato, na altura do nº 2.600, zona oeste da capital paulista. Ninguém ficou ferido.

O guindaste, montado sobre um caminhão, içava materiais do fundo de um dos poços da estação quando adernou, segundo a assessoria do Metrô. A força da queda foi suficiente para elevar o caminhão, que ficou perpendicular ao solo. A ponta do guindaste destruiu o muro da obra e avançou três metros sobre a calçada.

Segundo testemunhas, funcionários do Wal-Mart vizinho à obra se assustaram com o estrondo. O operador do guindaste quebrou o vidro traseiro da cabine e escapou sem nenhum ferimento.

O acidente não atrasa o cronograma de obras da futura estação Morumbi, segundo o Metrô, e o guindaste deve ser removido nesta quarta-feira, 7, do local. A calçada e a faixa da direita da Avenida Francisco Morato, no sentido centro, estão interditadas.

Mais conteúdo sobre:
acidente Metrô SP

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.