Grupo fecha Rodovia Anhanguera, rouba carro-forte e mata um

Bandidos armados com metralhadoras abriram o cofre do veículo com explosivos e fugiram com R$ 5 milhões

Ricardo Valota, da Central de Notícias,

06 Novembro 2009 | 07h21

Um assalto a dois carros-fortes deixou um morto e dois feridos no início da noite de quinta-feira, 5, na altura do quilômetro 161 da Rodovia Anhanguera, em Araras, interior de São Paulo. Armados com metralhadoras e ocupando quatro veículos, os bandidos utilizaram um ônibus para bloquear a estrada e abriram o cofre de um dos carros-fortes com explosivos. Eles fugiram do local com aproximadamente R$ 5 milhões.

 

Veja também: 

forum Você viu o tiroteio? conte sua história

 

Antes do roubo, veículo blindado bateu. Foto:Maurício R. Martins/Jornal de Limeira

Os criminosos abordaram a tiros os dois veículos de transporte de valores. Em apenas um deles havia dinheiro. O motorista de um dos blindados perdeu o controle da direção, atravessou o gramado central da rodovia, entrou na pista contrária e atingiu um caminhão.

Para não se envolver no acidente, o condutor de um ônibus desviou, mas acabou atravessando o mesmo gramado e parou no outro sentido da rodovia. Ao verem que o ônibus impedia o tráfego, os bandidos renderam o motorista e tomaram as chaves, deixando o veículo atravessado na rodovia.

Os seguranças da empresa de valores trocaram tiros com a quadrilha e dois ficaram feridos, mas passam bem. O corretor de seguros Paulo Ivo Zanatto, de 59 anos, acabou atingido no rosto por uma bala perdida e morreu no local.

 

O caso foi registrado na delegacia central de Araras. A policia suspeita que a quadrilha seja a mesma que realizou ação semelhante em 13 de outubro, na cidade de Amparo. Na ocasião, quatro assaltantes também fecharam a rodovia e abriram fogo com tiros de fuzil contra um carro-forte, roubando mais de R$ 1 milhão.

 

(Com Tatiana Fávaro, de O Estado de S. Paulo)

Mais conteúdo sobre:
crime roubo rodovia SP

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.