Grupo faz manifestação contra tarifa e violência policial nos Estados Unidos

Brasileiros se organizam pelo Facebook para outros eventos de apoio nos próximos dias

Tania Franco, Especial para o Estado - Washington

16 Junho 2013 | 20h55

 Em apoio aos protestos no Brasil contra o aumento da tarifa de ônibus, uma série de manifestações intituladas “Democracia não tem Fronteiras” foi realizada neste final de semana por brasileiros que moram em diversas localidades dos Estados Unidos.Todas as manifestações foram organizadas por meio de páginas no Facebook.

No evento em Washington, neste sábado (15) cerca de 50 participantes se reuniram em frente ao Consulado do Brasil. O grupo colou cartazes na entrada do prédio e permaneceu no local por cerca de uma hora e meia. De lá, os manifestantes foram até a Casa Branca. 

A manifestação foi organizada por Ana Catharina Parra, que trabalha como au pair (babá). “Postei em um grupo de au pairs que estava me sentindo impotente depois de ver os vídeos da manifestação em São Paulo. Tive amigos detidos por portar vinagre e outros me narraram a cena de guerra. Então, perguntei se alguém gostaria de me acompanhar até o consulado com cartazes”, conta ela.

No domingo (16), eventos serão realizados em três outras cidades americanas: Boston, Nova Iorque e San Diego. Em Boston, cerca de 650 brasileiros confirmaram presença no encontro marcado na Massachusetts Avenue. Em Nova Iorque, a concentração acontecerá no Central Park. Já em San Diego o evento “Democracia não tem Fronteiras” será realizado na OB Dog Beach, bairro com grande concentração de moradores brasileiros. 

Outras manifestações estão marcadas para o começo desta semana nas cidades de Chicago e Los Angeles na segunda-feira (17) e em San Francisco (18).

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.