NILTON FUKUDA/ESTADÃO
NILTON FUKUDA/ESTADÃO

Governo prevê multa à Eletropaulo por rompimento de cano da Sabesp

Empresa de energia não informou o fato à companhia de abastecimento, o que causou desperdício de água por várias horas

André Magnabosco e José Roberto Gomes, O Estado de S. Paulo

26 Janeiro 2015 | 16h52

A AES Eletropaulo, distribuidora de energia responsável pelo abastecimento na região metropolitana de São Paulo, deverá ser multada em função de um incidente ocorrido no último final de semana envolvendo uma tubulação da Sabesp. Alvo de críticas por parte da Secretaria de Energia de São Paulo, a Eletropaulo não conseguiu informar à Sabesp sobre o fato, o que ocasionou o desperdício de água por várias horas.

"Terá (multa), certamente. O acidente ocorre e nem sempre é possível evitá-lo. Mas temos de ser informados imediatamente para que tenhamos condições de enviar uma equipe para resolver o problema", afirmou o secretário de Energia de São Paulo, João Carlos de Souza Meirelles. "Eles estouraram um cano da Sabesp e demoraram a informar a empresa, que ficou sabendo apenas por vias transversas. São coisas desse tipo que representam erros de operação."

Meirelles informou que o trabalho de auditoria da Arsesp, a agência reguladora de São Paulo, dentro da Eletropaulo, já teve início. "Estamos entrando agora nas minúcias desses problemas de operação", informou. Questionado se a Secretaria Estadual de Energia já recebeu um relatório completo com informações exigidas na semana passada à Eletropaulo, ele afirmou que o documento ainda não foi entregue. A Eletropaulo prometeu fazê-lo até esta quarta-feira.

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.