Estadão - Portal do Estado de S. Paulo

São Paulo

São Paulo » Gestão Doria estuda desativar parte da ciclovia da Rua da Consolação

São Paulo

Google Street View

Gestão Doria estuda desativar parte da ciclovia da Rua da Consolação

Mudança pode ser implantada na descida da zona oeste para o centro; secretário de Transportes sinaliza possibilidade de criar novas vias exclusivas para bicicletas

0

O Estado de S.Paulo

20 Abril 2017 | 11h03

SÃO PAULO - O secretário municipal de Mobilidade e Transportes de São Paulo, Sérgio Avelleda, afirmou, em entrevista à Rádio Eldorado, na manhã desta quinta-feira, 20, estar em estudo mudanças na malha cicloviária da cidade. Uma das ciclovias que podem sofrer modificações é a da Rua da Consolação, no sentido da zona oeste em direção ao centro. Segundo o secretário, esse trecho é perigoso para os ciclistas por ser uma descida e ter a presença de estacionamentos e comércio nas imediações. O plano de alterações nas ciclovias foi antecipado pelo jornal Folha de S.Paulo nesta quinta-feira.

O secretário disse que o município procura uma via alternativa para quem costuma descer a Consolação, o que pode incluir a criação de uma nova ciclovia ou ciclofaixas - que são caminhos sinalizados para bicicletas. Ele ressaltou, contudo, que a implantação de novas ciclovias também está em análise em outras partes da cidade e que tudo será dialogado com prefeituras regionais e ativistas.

Avelleda defende que possíveis mudanças não são uma forma de afastar os ciclistas. "A ciclovia segrega a bicicleta do carro. É indicada, recomendada e importante em vias de tráfego pesado, como as Avenidas Paulista e Faria Lima, onde há um trânsito de alta velocidade e com veículos de carga", explicou.

Para ele, nas demais vias, com baixo tráfego, basta haver maior sinalização e implantar medidas para "acalmar" o trânsito, como lombofaixas, semáforos e redução da velocidade média dos carros. "A gente precisa entender que a bicicleta não foi feita para andar segregada nas cidades. O código de trânsito brasileiro garante aos ciclistas o direito de compartilhar espaço", defendeu.

 

Mais conteúdo sobre:

Encontrou algum erro? Entre em contato

0 Comentários

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.