JB Neto/AE
JB Neto/AE

Garoto de sete anos morre após incêndio em barraco em Mauá

Mãe das crianças deixou vela acesa e saiu para buscar objetos da família; irmão mais velho conseguiu escapar

Daniela do Canto, do estadao.com.br,

23 Novembro 2009 | 06h17

Rafael Martins Barbosa da Silva Rodrigues Aires, de 7 anos, morreu em um incêndio em uma favela na Rua Flor de Lótus, Vila Feital, em Mauá, na Grande São Paulo, no início da madrugada desta segunda-feira, 23.

Conforme informações do Corpo de Bombeiros, o fogo atingiu apenas um barraco. Uma investigação deve apontar a causa do incêndio. Uma das probabilidades é de que ele tenha sido causado por uma vela.

A família de oito pessoas - mãe, seis filhos e o padrasto das crianças - havia se mudado para o barraco no domingo, 22. A mãe deixou duas das crianças, de 9 e 7 anos, sozinhas no local e saiu para buscar o restante da mudança e da família. Para que os meninos não ficassem no escuro, ela deixou uma vela acesa dentro de casa. Quando o incêndio começou, o irmão mais velho conseguiu escapar.

Mais conteúdo sobre:
criança morre incêndio

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.