''Fiz uma visita cem anos após meu pai partir''

Cirurgião, de 80 anos, três vezes ministro da Saúde

, O Estado de S.Paulo

24 Abril 2010 | 00h00

"A emoção de voltar a Akar (região montanhosa no norte do Líbano), de onde minha família veio, é algo difícil de descrever. Posso dizer que voltar em 2003 para a terra de onde meus pais saíram, exatamente 100 anos depois que eles migraram para o Brasil, foi algo agradável, emocionante. Lembrei das histórias que contavam, de como meu pai chegou a Xapuri, no Acre, para trabalhar como mascate, dos tempos duros.

Não fui até lá especificamente para comemorar os 100 anos dessa imigração da minha família, mas foi uma bela forma de coroar um evento científico do qual eu estava participando. E agora, comemorar os 130 anos da imigração libanesa é rever a importância dessa colônia para a história do País."

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.