1. Usuário
Assine o Estadão
assine

Filha do cantor sertanejo Giovani morre em acidente em SP

Rene Moreira - Especial para o Estado

14 Janeiro 2014 | 12h 34

O carro em que Géssyca Morais, de 21 anos, estava capotou em Osasco; 'Parece uma coisa irreal', disse músico a emissora de TV

FRANCA - Um acidente na madrugada desta terça-feira, 14, em Osasco, na Grande São Paulo, matou Géssyca Cristina Morais, de 21 anos, filha do cantor Giovani, da dupla sertaneja Gian e Giovani. Ela estava no carro que capotou na Avenida Fuad Auada e bateu em um poste. Dois amigos estavam com Géssyca e um deles, de 24 anos, também morreu, enquanto o outro foi internado com fraturas. Falando à TV Record/Franca, Giovani lamentou "não poder voltar no tempo". "Parece uma coisa irreal. Eu fui ao IML e vi o corpo de minha filha, ela estava muito machucada. É mais uma tragédia que acontece... Infelizmente não tem como voltar no tempo e prevenir isso."

 Dentro do carro havia garrafas vazias de cerveja, mas a polícia ainda não sabe se algum dos jovens bebeu. As causas do acidente são apuradas. Testemunhas disseram ter visto o carro se descontrolar até capotar.

Géssyca ainda foi socorrida e morreu pouco depois no hospital. O Honda Civic era dirigido por um dos rapazes. A mãe da jovem, que não é mais casada com Giovani, mora em Franca, assim como seus familiares. Géssyca cursava o segundo ano de jornalismo na Unifran e estava na casa de amigos em Osasco.

Enterro. O corpo já foi liberado e deixou o Instituto Médico-Legal (IML) de Osasco a caminho de Franca, onde será sepultado na manhã desta quarta-feira, 15, no Cemitério da Saudade, no centro da cidade. O pai de Géssyca, Giovani, faz dupla com seu irmão Gian. Além dela, ele tem outro filho, de 18 anos, que também é cantor sertanejo.