Epitacio Pessoa/Estadão
Epitacio Pessoa/Estadão

Feriado de Páscoa tem 11,6% mais acidentes nas estradas de SP

De acordo com a Polícia Rodoviária Estadual, número de mortes se manteve estável, passando de 38 em 2013 para 37 neste ano

Caio do Valle, O Estado de S. Paulo

22 Abril 2014 | 12h28

Atualizado às 14h33.

SÃO PAULO - Aumentou em 11,6% o número de acidentes de trânsito nas rodovias estaduais de São Paulo durante o feriado prolongado da Semana Santa. Segundo dados divulgados nesta terça-feira, 22, pela Polícia Rodoviária Estadual (PRE), foram registradas 1.185 ocorrências nos 22 mil quilômetros de estradas paulistas. A comparação é feita com o feriado de Corpus Christi de 2013, já que a Páscoa teve apenas três dias de folga em 2013.

No Corpus Christi, celebrado em maio, houve 1.062 acidentes. Já a quantidade de mortes se manteve estável, de 38 em 2013 para 37 neste ano. A PRE credita o aumento a "duas ocorrências do tipo colisão frontal que resultaram em 13 mortes, ou seja, 35% de todo o feriado prolongado".

O primeiro desses acidentes ocorreu na Rodovia dos Bandeirantes (SP-348), perto de Sumaré, por volta das 17h50 de sábado, 19. O pneu de um dos carros envolvidos estourou, fazendo o motorista perder a direção. O veículo ultrapassou o canteiro central, colidindo com outro carro na pista contrária. Nove pessoas morreram e uma ficou gravemente ferida.

O outro caso foi na Rodovia SP-333, na altura da cidade de Cafelândia. Por volta das 20h de segunda-feira, 21, um motorista que realizou uma ultrapassagem em local proibido bateu de frente com três carros. Quatro pessoas morreram.

Segundo o balanço da PRE, neste feriado foram registradas nas estradas paulistas 654 pessoas feridas (entre leves e graves), contra 480 no recesso de Corpus Christi do ano passado -- um aumento de 36,3%, portanto.

A PRE informou que as colisões frontais foram a principal causa de morte, com 17 casos, seguidas de colisões transversais (cinco ocorrências) e atropelamentos (quatro). Somados, esses casos chegam a 70% do total.

Federais. Já no caso dos 1.067 km de estradas federais que cortam o Estado de São Paulo, a Polícia Rodoviária Federal (PRF) registrou 162 acidentes, "resultando em 97 feridos e 4 mortes". Segundo a PRF, foram, em média, 32,4 acidentes por dia, uma queda em relação à média diária de 48,7 no feriado de Páscoa do ano passado, que teve três dias inteiros de folga. A PRF considerou o período de 0h de quinta-feira, 17, às 23h59 de segunda-feira, 21.

De acordo com a polícia, nas estradas federais foram realizados no feriadão de Páscoa 4.542 testes de bafômetro, o que resultou em 70 autuações. Desse total, 14 acabou em prisões em flagrante pelo crime de dirigir embriagado. Segundo a PRF, todos os condutores reprovados no teste tiveram a carteira nacional de habilitação (CNH) apreendida. Eles também tiveram que pagar, cada um, uma multa de R$ 1.915,00.

Mais conteúdo sobre:
Páscoa acidentes estradas São Paulo

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.