Fazer operações urbanas em SP

1. A operação urbana é um instrumento que pode ser utilizado pela Prefeitura para organizar o crescimento de determinada região da cidade. O poder público delimita um perímetro onde pretende incentivar a criação de empregos ou residências.

O Estado de S.Paulo

18 Julho 2012 | 03h03

2. Dentro dessa área, construtoras podem fazer imóveis que excedam o limite de altura estabelecido pela lei de zoneamento da cidade. Para construir a mais, porém, as empresas precisam comprar títulos, chamados de Certificados de Potencial Construtivo (Cepacs), emitidos pelo poder público.

3. O dinheiro arrecadado com a venda dos Cepacs só pode ser usado pela Prefeitura em melhorias que atinjam o perímetro da operação urbana, como reforma de avenidas, construção de praças ou incentivo ao transporte público.

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.