Família de designer agredido em livraria recebe recursos para jovem

Donos da Livraria Cultura arremataram 'Vaca de Sampa', criada por Henrique Carvalho Pereira para Cow Parade, por R$ 17 mil; vítima foi atacada com taco de beisebol em dezembro e segue na UTI

Priscila Trindade, da Central de Notícias

16 Abril 2010 | 19h58

SÃO PAULO - A família Herz, dona da Livraria Cultura, arrematou na quinta-feira, 15, por R$ 17 mil a "Vaca de Sampa", criada pelo designer Henrique Carvalho Pereira para a Cow Parade, no leilão beneficente no Jockey Club em São Paulo. O jovem foi ferido na cabeça com um taco de beisebol dentro da livraria, na Avenida Paulista, no centro da cidade, no dia 21 de dezembro do ano passado. Hoje, ele completa 22 anos e passará o aniversário na Unidade de Terapia Intensiva (UTI).

 

Além do dinheiro, a família do designer ganhou a escultura de presente. Segundo o Hospital das Clínicas, a mãe do paciente conseguiu uma autorização para ficar com o filho além do horário de visita. Pereira continua em estado grave de saúde, porém estável, segundo informou a unidade.

 

O designer sofreu traumatismo craniano após ser agredido pelo personal trainer Alessandre Fernando Aleixo, de 38 anos. Sem dizer uma palavra, Aleixo golpeou a vítima que lia um livro por volta das 14h15. O agressor foi autuado em flagrante por tentativa de homicídio no 78º Distrito Policial, nos Jardins.

Mais conteúdo sobre:
Livraria Cultura

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.