Faixa exclusiva de ônibus da Paulista abre no dia 15

Outros oito eixos viários da capital paulista, como Avenidas 23 de Maio, ganharão delimitação para coletivos até agosto

Artur Rodrigues e Caio do Valle, O Estado de S. Paulo

27 Junho 2013 | 16h25

SÃO PAULO - Uma das principais bandeiras da gestão Fernado Haddad (PT) para tentar melhorar a qualidade do transporte público, a criação de faixas exclusivas de ônibus vai dar um passo importante no mês que vem. É quando avenidas emblemáticas da capital, como a Paulista e a Tiradentes, passarão a contar com esse mecanismo, desenvolvido para ampliar a velocidade dos coletivos. Já existem 59,4 km de pistas assim na cidade.

No caso da Paulista, as faixas exclusivas vão começar a funcionar no dia 15 de julho, uma segunda-feira. A delimitação incluirá a Avenida Doutor Arnaldo, e terá 4,8 km de comprimento, funcionando nos dois sentidos das vias.

Em horários específicos, veículos que invadirem as faixas ficarão sujeitos a multa de R$ 53,20 e três pontos na carteira. A punição, contudo, geralmente só começa uma semana depois da implantação das faixas em determinada via.

Atualmente, já existem faixas exclusivas em avenidas como a Marginal do Tietê, onde há 12,7 km, e Radial Leste (2,5 km). As próximas começam a funcionar a partir da próxima segunda-feira, 1.º, na Marginal do Pinheiros. Ali, elas terão 21 km de extensão.

Contudo, na Pinheiros as faixas só estarão totalmente entregues após três etapas de abertura. Cada uma será entregue uma semana após a anterior, com a inauguração completa no dia 15.

O corredor das Avenidas Santos Dumont, Tiradentes e Prestes Maia, na região central, receberão suas faixas exclusivas em 25 de julho. Quatro dias depois, abrem as da Avenida Sapopemba, na zona leste, com 4,6 km.

23 de Maio. A Avenida 23 de Maio também ganhará faixas exclusivas para os ônibus, mas apenas no dia 5 de agosto, em uma extensão total de 8,7 km. Nesse corredor, que inclui outras vias, como a Moreira Guimarães, as faixas irão até a altura da Avenida Jornalista Roberto Marinho, na zona sul.

Esse eixo também deverá receber um corredor de ônibus, no futuro. Trata-se de outra promessa da gestão Haddad para o transporte público. A diferença é que os corredores de ônibus, localizados no canteiro central, são mais eficientes do que as faixas exclusivas, que ficam na faixa da direita das vias (portanto, sujeitas a mais interferências, como saídas para estacionamentos e ruas transversais).

Veja o cronograma de inaugurações das faixas exclusivas:

Marginal do Pinheiros (extensão de 21 km): primeiro trecho começa a operar na segunda-feira, 1.º de julho. O segundo trecho no dia 8 de julho e o terceiro e último trecho no dia 15 de julho

Avenida Paulista e Avenida Doutor Arnaldo (4,8 km): abre no dia 15 de julho

Rua Brigadeiro Gavião Peixoto (900 m): inaugura dia 22 de julho

Rua Ibitirama (400 m): começa a funcionar no dia 22 de julho

Eixo das Avenidas Santos Dumont, Tiradentes e Prestes Maia (5,2 km): abre no dia 25 de julho

Avenida Sapopemba (4,6 km): passa a funcionar dia 29 de julho

Rua Loefgreen (1,4 km): abre dia 29 de julho

Avenida 23 de Maio (8,7 km): passa a operar no dia 5 de agosto

Eixo das Avenidas Bandeirantes, Washington Luís, Interlagos, Jangadeiro e Teotônio Vilela (13 km): abre em 12 de agosto

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.