Ex-diretor do Deic morre em Fernando de Noronha

Ex-diretor do Deic morre em Fernando de Noronha

Delegado Wagner Giudice sofreu infarto enquanto passava férias com a família

Alexandre Hisayasu, O Estado de S. Paulo

17 Setembro 2016 | 16h06

O delegado Wagner Giudice faleceu na manhã deste sábado, 17, vítima de um infarto. Amigos do policial contaram que ele estava de férias com a família, em Fernando de Noronha, quando começou a passar mal durante um passeio de barco. De acordo com as primeiras informações, ele morreu antes de chegar ao hospital.

Atualmente, Giudice era o delegado responsável pela 1ª Seccional Centro da capital. Antes, ocupou cargos importantes na Polícia Civil como a chefia do Denarc (Departamento de Narcóticos) e do Deic (Departamento de Investigações Criminais). No ano 2000, assumiu a Divisão Anti-Sequestro (DAS) quando a capital registrava cerca de 50 casos por mês. Coordenou a prisão de diversas quadrilhas, diminiu o número de sequestros, e ganhou prestígio e confiança da cúpula da polícia quando prendeu os criminosos que sequestraram o publicitário Washington Olivetto, em fevereiro de 2002.

A previsão é que o corpo seja levado para São Paulo ainda hoje e velado na Academia da Polícia Civil.

 

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.