EUA propõem base antipirataria em SP

A secretária de Segurança Interna dos Estados Unidos, Janet Napolitano, propôs ontem à Prefeitura de São Paulo a criação de uma base antipirataria no Brasil. Em visita à sede da administração municipal, ela elogiou o reforço na fiscalização que já rendeu a apreensão de 40 milhões de itens desde dezembro de 2010 em 38 estabelecimentos ilegais. A proposta será analisada. São Paulo, que funciona como entreposto de pirataria para outros Estados, poderá ter apoio americano na capacitação de mão de obra.

O Estado de S.Paulo

13 Julho 2012 | 03h01

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.