Estradas de SP têm 38% a mais de vítimas

Estradas de SP têm 38% a mais de vítimas

As rodovias estaduais paulistas também registraram aumento na quantidade de acidentes e mortes durante o feriado de Páscoa. Da 0h de quinta-feira até a meia-noite de domingo, 36 pessoas perderam a vida ? ante 26 no mesmo período do ano anterior (aumento de 38%). Além disso, foram registrados 1.043 acidentes ? 18,7% a mais do que no mesmo período de 2009.

, O Estadao de S.Paulo

06 Abril 2010 | 00h00

A Secretaria de Estado dos Transportes utiliza um índice próprio para quantificar as mortes, os acidentes e os feridos. Essa metodologia leva em consideração, entre outros dados, a extensão das rodovias, o período de tempo analisado e o volume de veículos. No último feriado, o índice de acidentes nas estradas paulistas caiu 1% em relação ao mesmo período de 2009 e o de feridos, 16,1%. No entanto, o índice de mortes apresentou alta de 15,4%.

O acidente mais grave das estradas paulistas aconteceu na Rodovia Marechal Rondon (SP-300), em Agudos, região de Bauru. Quatro pessoas morreram e outras quatro ficaram gravemente feridas, no fim da noite de anteontem, após dois veículos baterem contra uma carreta, que ficou atravessada na pista.

Durante o feriado, foram registrados 47 casos de embriaguez. De acordo com a Secretaria da Segurança Pública, 11.895 autuações por infrações de trânsito foram lavradas em todo o Estado, 506 veículos foram apreendidos, assim como 230 carteiras de habilitação. / R.M.

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.