ENTREVISTAFause Haten,estilista

O desfile de Fause Haten é o único da temporada que acontece fora da Bienal, no Teatro da Fundação Armando Álvares Penteado (FAAP).

Entrevista com

, O Estado de S.Paulo

20 Março 2013 | 02h06

Por que mostra a coleção no teatro?

A fórmula de desfiles na passarela é algo que pode, e deve, ser mudada.

A moda e os desfiles estão mais teatrais?

Acho que sim. O formato é cada vez mais livre. Mesmo assim, nomes como Karl Lagerfeld (pela Chanel) e Marc Jacobs (pela Louis Vuitton), que ousam mais em seus desfiles, ainda mantêm o clássico modelo entra e sai da passarela.

O papel das modelos muda nesse novo tipo de desfile?

Sem contestar o papel das tops, houve grandes mudanças na função delas. Faço uma homenagem às mulheres que tive ou que desejei ter na minha passarela, como Julianne Moore, Maria Rita, Linda entre outras. / FLÁVIA GUERRA

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.