Engenheiro provoca acidente com 2 mortes em Pederneiras

Na colisão, morreram o motorista e o garupa de uma motocicleta; motorista foi preso em flagrante após não passar no teste do bafômetro

Sandro Villar, Especial para o Estado,

21 Abril 2014 | 11h17

PRESIDENTE PRUDENTE - Um engenheiro de 49 anos, supostamente embriagado, provocou um acidente que matou duas pessoas na manhã deste domingo, 20, na Rodovia Comandante João Ribeiro de Barros (SP-225), em Pederneiras, cidade do centro-oeste paulista.

Ele bateu o carro na traseira de uma motocicleta. O piloto, Bruno Soares Bezerra, de 20 anos, e o garupa, Alex Aparecido da Silva, de 19, morreram na hora.

Preso em flagrante, o engenheiro foi submetido ao teste do bafômetro, que confirmou embriaguez, de acordo com a Polícia Rodoviária. O nome dele não foi divulgado pela polícia.

O engenheiro foi transferido para a Cadeia Pública de Avaí, onde aguardará decisão da Justiça. Ele mora em Bauru.

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.