Engenheiro é preso com cabos de telefonia furtados em São Paulo

Homem de 47 anos estava com 1,2 tonelada de cabos furtados da Telefônica e Ilume

15 Abril 2010 | 22h16

Julia Baptista, da Central de Notícias

 

SÃO PAULO - Policiais do Deic (Departamento de Investigações sobre Crime Organizado) prenderam na manhã desta quinta-feira, 15, o engenheiro elétrico Antônio Lima da Silva Filho, de 47 anos, dono de uma empresa de comércio de sucatas localizada à rua Alencar Araripe, no bairro Ipiranga, zona sul da capital. Ele foi flagrado armazenando 1.200 quilos de cabos furtados das empresas Telefônica e Ilume.

 

Segundo o delegado Arli Antônio Reginaldo, em cinco dias, a ofensiva desencadeada pela DRREspeciais contra quadrilhas especializadas em crimes contra fios instalados apreendeu quatro mil quilos de cabos.

 

A equipe encontrou no local os cabos condicionados em sacos comumente usados para carregar entulho. Os policiais acionaram técnicos das empresas. Os peritos constataram que o material fazia parte de lotes instalados nas ruas da capital paulista e que tinham sido furtados durante a semana. "Esse material é de uso exclusivo. Dessa maneira conseguimos identificar as vítimas", disse Reginaldo.

 

Silva Filho apresentava passagens anteriores pelo mesmo tipo de crime. Reginaldo autuou o engenheiro por receptação qualificada.

 

Mais conteúdo sobre:
engenheiro preso cabos Ipiranga São Paulo

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.