Em três dias, umidade do ar cai até 46% em SP

Nesta quarta, índice estava em torno dos 53%, tanto na zona norte quanto na zona sul da cidade; De acordo com OMS, entre 21% e 30% caracteriza estado de atenção

Fabiana Marchezi, da Central de Notícias

14 Abril 2010 | 14h40

SÃO PAULO - Em três dias, a umidade relativa do ar chegou a cair até 46% na capital paulista, por conta da grande massa de ar polar que entrou no Sudeste do País na semana passada, dificultando a formação de nuvens carregadas.

 

De acordo com a Climatempo, no último domingo, 11, o maior índice registrado na cidade foi 93%, e na terça-feira, 13, a umidade chegou a cair para 47%. Nesta quarta-feira, às 13 horas, a umidade relativa do ar estava em torno dos 53%, tanto na zona norte quanto na zona sul da cidade.

 

No decorrer desta tarde, a umidade tende a baixar um pouco mais em toda a Grande São Paulo, atingindo valores próximos de 40%, o que ainda caracteriza estado de observação. A temperatura está em elevação na região e o frio diminui gradualmente. As manhãs e as noites continuam frias, o que é comum no outono.

 

De acordo com os padrões da Organização Mundial da Saúde, quando a umidade fica entre 21% e 30% caracteriza estado de atenção; de 13% a 20% entra em estado de alerta; e de 12 para baixo, caracteriza estado de emergência.

 

Interior

 

Os índices de umidade tendem a cair cada vez mais nesta tarde e, em algumas localidades, como São José do Rio Preto, no norte paulista, a umidade pode ficar abaixo dos 30% no período da tarde, provocando incômodo, especialmente às pessoas que têm problemas respiratórios.

 

Previsão

 

Para quinta-feira, 15, a previsão é de que o sol apareça forte na capital e na Grande São Paulo e também não há expectativa de chuva. No litoral, a nebulosidade aumenta, mas não chove, segundo os meteorologistas.

 

Porém, na próxima sexta-feira, 16, uma frente fria deve avançar pelo mar, provocando chuva fraca em toda faixa litorânea de São Paulo. Na capital, a frente fria de causar aumento da nebulosidade. Já para o interior, a previsão é de muito sol, ar seco e baixa umidade.

Mais conteúdo sobre:
SP

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.