Hélvio Romero/AE - 13/11/2009
Hélvio Romero/AE - 13/11/2009

Em obras, marginais de SP ganharão decoração de Natal

SPTuris planeja diversas atrações turísticas; verba total destinada ao Natal Iluminado 2009 será de R$ 5,9 mi

Ana Luísa Westphalen, Agência Estado

17 Novembro 2009 | 17h18

Alvos de obras e interdições durante o ano, as marginais Pinheiros e Tietê ganharão neste fim de ano decoração de Natal custeada pela prefeitura paulistana. O mesmo vale para a avenida 23 de maio, uma das principais vias da cidade. De acordo com o prefeito de São Paulo, Gilberto Kassab (DEM), a ideia surgiu na segunda-feira, 16, depois de consultar a área de Planejamento. O custo total ainda é avaliado pelo presidente da SPTuris, Caio Luiz de Carvalho, disse o prefeito, durante cerimônia de abertura da edição do Natal Iluminado 2009, nesta terça, na Prefeitura de São Paulo.

 

Veja também:

linkCET adia nova interdição na Ponte do Limão

blog Blog: acompanhe a situação do trânsito na cidade 

 

A SPTuris planeja diversas atrações turísticas com o tema natalino. Com parceria da iniciativa privada, a verba total destinada ao Natal Iluminado 2009 será de R$ 5,9 milhões. O paulistano poderá conferi-las a partir de 5 de dezembro. Este ano, serão usados mais de 25 milhões de microlâmpadas para enfeitar a Capital, que juntas somam 120 quilômetros de vias decoradas. O calendário de Natal estará disponível a partir de 1º de dezembro no site www.cidadedesaopaulo.com/natal.

 

A cidade terá duas árvores de Natal principais. A mais tradicional, do Parque do Ibirapuera, estará 5 metros mais alta este ano, chegando aos 75 metros, altura equivalente a de um prédio de 25 andares. Só a estrela do topo pesa uma tonelada e meia. Outra novidade será um palco suspenso para apresentações de Natal ao público. A segunda árvore, de 65 metros, ficará no meio da represa de Guarapiranga.

 

Luzes transformarão a Ponte Estaiada em um pinheiro multicolorido gigante em movimento, com mais de 100 metros. Os recursos visuais vão simular neve caindo sobre o Pinheiros. Além de profissionais de engenharia e iluminação, a montagem contou com a ajuda de 10 alpinistas.

 

Segundo Kassab, os projetos patrocinados terão publicidade da empresa, mas dentro dos padrões estabelecidos pela Lei Cidade Limpa. "Nosso pedido à CPPU (Proteção à Paisagem Urbana) é que procure examinar com bastante carinho a possibilidade de ter uma publicidade, a maior possível, desde que não descaracterize evidentemente o clima natalino", explicou.

Mais conteúdo sobre:
Marginal do Tietê SP

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.