Ela lembra da infância no Japão quando come

Culinária japonesa: Os pratos chegaram aqui há mais de 100 anos, com os primeiros imigrantes do Japão

Filipe Vilicic, O Estado de S.Paulo

16 Abril 2010 | 00h00

A pasteleira japonesa Maria Kuniko Yonaha, que teve o pastel eleito como o melhor da cidade em concurso realizado pela Prefeitura em 2009, chora quando come um sushi de alga preta. A cada mastigada, ela lembra da infância sofrida em Osaka, no Japão, pós-2.ª Guerra. "Não tínhamos comida", recorda ela, que vem de origem pobre e chegou ao Brasil com 11 anos, na década de 1960.

Por esse motivo (e também por adorar o gosto dos pratos), ela declara amor à culinária da colônia paulistana. "Frequento restaurantes da Liberdade, de Santana", conta. "E compro ingredientes nos mercadinhos para fazer yakimeshi, temaki. Cozinho muito bem." Falando na comida de Maria, ela ainda faz propaganda: "ah, coloca aí que abrirei uma pastelaria ótima em Pinheiros."

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.