É a favor dessa nova verticalização?

Sim Acredito que a região vai ser ocupada predominantemente por prédios residenciais a partir de agora. As pessoas estão procurando cada vez mais morar perto do trabalho e o mercado já percebeu essa tendência na Faria Lima. Acho que não tem sentido o que algumas pessoas têm dito, que vai provocar um superadensamento na região. A tendência é levar as pessoas a locais que já têm infraestrutura, como próximo ao Largo da Batata, onde há metrô.

O Estado de S.Paulo

09 Dezembro 2011 | 03h05

Não Um estudo feito em 2008 pela Subprefeitura de Pinheiros sobre os polos geradores de tráfego da região já mostrava que o trânsito estava perto de atingir o limite. Construir mais prédios e levar mais gente para aquele pedaço da cidade sem um estudo prévio bem elaborado é temerário. A licença ambiental da Operação Urbana Faria Lima é de 4 de março de 1994. Acho que deveria ter sido feito um novo Estudo de Impacto Ambiental, o que não ocorreu.

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.