Google Street View
Google Street View

Duas pessoas são baleadas em assaltos na Grande São Paulo

Em Diadema, duas mulheres saíam do Parque Ecológico do Eldorado quando foram abordadas por criminosos; em Osasco, bandido é baleado após troca de tiros com PMs

Marina Dayrell e Renata Okumura, O Estado de S.Paulo

03 Abril 2018 | 10h50

SÃO PAULO - Uma empregada doméstica, de 53 anos, foi baleada durante um assalto na noite de segunda-feira, 2, na Rua das Perobas, no bairro Eldorado, em Diadema, no ABC paulista. Por volta das 21h, policiais militares encontraram a mulher no chão com um ferimento na cabeça. Ela e a sobrinha saíam do Parque Ecológico do Eldorado quando foram abordadas por criminosos armados.

O Serviço de Atendimento Móvel de Urgência (SAMU) foi acionado e a vítima foi encaminhada para o Hospital Estadual de Diadema, onde os médicos constataram que foi atingida por disparo de arma de fogo. 

A sobrinha da vítima, que acompanhava a tia, contou que dois assaltantes pediram os seus pertences. Após entregarem o celular e saírem correndo, a jovem diz que ouviu um disparo de arma de fogo. Em seguida, observou que sua tia estava ferida. 

O caso foi registrado como tentativa de latrocínio e está sob investigação do 1ºDP de Diadema.

+++ Roubo de cabos de energia interrompe funcionamento da Linha 12 - Safira

Em Osasco, na Grande São Paulo, um tiroteio terminou com um dos criminosos baleado, também na noite de segunda-feira. 

Segundo a Polícia Militar (PM), por volta das 20h30, bandidos fugiram em uma motocicleta após terem praticado um roubo nas proximidades da Avenida Doutor Mauro Lindemberg Monteiro, no Parque Industrial. Os criminosos não obedeceram a ordem de parada e trocaram tiros com os policiais. Um deles foi atingido. Nenhum policial ficou ferido na ocorrência. 

O helicóptero Águia sobrevoou a região em busca do segundo criminoso, mas ele não foi encontrado.

O caso foi registrado no 10ºDP de Osasco.

+++ Mulher é morta a tiros na frente de amigos em posto na zona norte

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.