Doria encomenda novo projeto urbanístico para cracolândia

Doria encomenda novo projeto urbanístico para cracolândia

Ideia é firmar parceria com iniciativa privada para revitalizar perímetro hoje dominado por traficantes e usuários

Adriana Ferraz e Felipe Resk, O Estado de S. Paulo

19 Janeiro 2017 | 12h43

A gestão Doria vai encomendar um novo projeto urbanístico para a cracolândia. Segundo já afirmou o prefeito, a ideia é firmar uma parceria com a iniciativa privada para revitalizar o perímetro hoje dominado por traficantes e usuários, entre a Rua Helvétia, o Largo Coração de Jesus e as Alamedas Piracicaba e Dino Bueno. Esse quadrilátero deverá receber prioridade dentro de uma ação maior, prevista para todo o centro da cidade.

O responsável pelo trabalho será o arquiteto e urbanista Jaime Lerner, que participou da elaboração do Nova Luz - concessão urbanística projetada pela gestão Serra-Kassab que não vingou. Lançado em 2005, o projeto delegava ao privado o direito de desapropriação, regra questionável do ponto de vista jurídico.

O novo modelo ainda não está definido. A equipe de Doria avalia se propõe uma reformulação completa da Operação Urbana Centro, considerada fracassada, ou investe em projetos menores, específicos, como pequenas concessões urbanísticas. Na última semana, o tucano afirmou que a revitalização urbana da cracolândia é um dos pilares do Redenção, futuro programa de combate ao crack que lançará em dois meses.

Mais conteúdo sobre:
Jaime Lerner

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.