Diplomata brasileira contrai malária

SÃO PAULO - No Itamaraty desde 2009, a diplomata brasileira Milena Oliveira de Medeiros, de 35 anos, está internada em estado grave, após contrair malária endêmica no início do mês em uma viagem a trabalho na Guiné Equatorial.

O Estado de S.Paulo

19 Dezembro 2011 | 03h03

Anteriormente, houve um erro e foi informado que Milena havia morrido por ter a doença diagnosticada tardiamente, mas a diplomata segue no hospital em Brasília e respira com ajuda de aparelhos.

O ministro das Relações Exteriores, Antonio Patriota, expressou solidariedade à família da diplomata acreana.

Atualizado às 16h42 para correção de informação

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.