Dinheiro de bando enviado ao exterior é repatriado

O Ministério Público Estadual (MPE) conseguiu repatriar US$ 238 mil (cerca de R$ 630 mil) de uma conta do First Union Bank de Miami relacionada ao auditor fiscal Luís Alexandre Cardoso de Magalhães, suspeito de ser o operador da Máfia do Imposto sobre Serviços (ISS).

O Estado de S.Paulo

14 Janeiro 2015 | 02h02

Segundo o promotor Roberto Bodini, Magalhães confessou que o dinheiro era fruto das propinas arrecadadas de empresas que colaboraram com a máfia. O promotor havia pedido à Justiça que o dinheiro fosse depositado diretamente na conta da Prefeitura, mas a 21ª Vara Criminal da Capital entendeu que o dinheiro deveria ficar em uma conta judicial até o fim do processo. / B.R.

Mais conteúdo sobre:
O Estado de S. Paulo ISS Prefeitura de SP

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.