DEPOIMENTO: 'Não temos segurança em lugar nenhum'

Depoimento de Luciano Vizani, comerciante de 49 anos, parente das vítimas:

O Estado de S.Paulo

11 Junho 2013 | 02h01

 

"Não temos mais segurança em lugar nenhum. O governo é muito ausente na questão da segurança, principalmente na periferia. A gente tem medo de ficar em casa, de andar na rua, de trabalhar. Você trabalha 12, 15 horas para dar um futuro melhor para seus filhos e, em um minuto, tudo o que você fez não valeu nada.

Tive uma perda dupla: meu irmão mais velho e meu filho, que tinha o futuro inteiro pela frente. O que eu faço agora? Vou abrir o comércio de novo? Será que esses ladrões vão voltar? Não me sinto seguro em São Paulo. A cidade é muito boa, mas em qualquer lugar somos alvo. Estou pensando em vender minha casa e ir morar para outro lugar."

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.