Defeito na turbina faz voo retornar a SP

O avião de um voo São Paulo-Dallas da American Airlines teve de retornar ao Aeroporto de Cumbica, na madrugada de ontem, minutos após a decolagem, por causa de um defeito na turbina - das poltronas, passageiros ouviram uma explosão e viram faíscas saírem da turbina.

O Estado de S.Paulo

04 Julho 2012 | 03h08

O Boeing 767-300 com 219 passageiros a bordo decolou à 0h08, com alguns minutos de atraso. Depois de menos de meia hora no ar, um estrondo assustou passageiros e tripulação. "Estava bem na janela e ouvi alguns barulhos, como se fossem pequenas explosões", disse a estudante Valéria Foster, de 19 anos. Ela contou que, logo em seguida, o comandante avisou que teriam de voltar para Cumbica.

O pouso aconteceu à 0h48. Na pista do aeroporto, um carro do Corpo de Bombeiros estava de prontidão. Os passageiros foram levados em ônibus para um hotel - quem morava em São Paulo teve táxi pago pela companhia aérea e foi para casa.

Todos tiveram de remarcar a viagem para ontem e hoje. Valéria, que vai para Seattle encontrar pessoas da família, só viaja hoje à noite e chega aos Estados Unidos amanhã. "Vai atrasar um pouco minhas férias, mas pelo menos estamos todos bem."

Em nota, a American Airlines informou apenas que o avião que faria o voo 946 com destino a Dallas "apresentou um problema mecânico logo após a decolagem", sem especificar o defeito.

Caso semelhante. Em janeiro, um voo da TAM que saiu de Paris com destino ao Rio de Janeiro teve de retornar à capital francesa uma hora e meia após a decolagem também por problemas na turbina. / R.V e N.C.

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.