Werther Santana/AE
Werther Santana/AE

Criança de 10 anos é apreendida dirigindo carro roubado em SP

'Queria dar uma volta com os amigos', teria dito R., morador da Favela Palmares, aos policiais que o abordaram

Daniela do Canto, da Agência Estado,

24 Junho 2009 | 08h04

Uma criança de 10 anos foi flagrada por um policial militar à paisana enquanto dirigia na madrugada desta quarta-feira, 24, um veículo furtado no Jardim Brasil, zona sul de São Paulo. Segundo os agentes da Polícia Militar (PM) que atenderam a ocorrência, R. tem apenas 1,20 de altura e é conhecido na Favela Palmares, onde mora, pelo apelido de "Zé Pequeno", em referência ao personagem retratado no filme Cidade de Deus, que comete crimes desde a infância. Ele estava acompanhado por três amigos, de 13, 14 e 15 anos. Conforme a corporação, os quatro furtaram o carro na terça-feira, 23, de uma concessionária da zona sul.

O soldado Jerrival Almeida Souza contou que voltava para casa quando viu o carro dirigido pelo menor. "Tinha dado uma pane no veículo e eu notei que um menor desceu assustado e ficou olhando para o carro", afirmou. "Como eu sabia que um pouco mais cedo tinha sido furtado um Astra de uma concessionária, isso me chamou a atenção", disse.

 

Conforme o PM, o veículo voltou a funcionar e saiu em alta velocidade. O policial foi atrás. Numa esquina, os menores pararam o carro e foram abordados por Souza. "O que mais me chamou a atenção foi o tamanhinho do que estava dirigindo", contou. Ele teve de colocar o banco todo para a frente para alcançar a direção.

Souza solicitou o apoio de policiais da 1ª Cia do 12º Batalhão, que apreenderam os menores. Eles foram encaminhados ao 36º Distrito Policial (Vila Mariana), onde um ato infracional foi registrado. Até o final da madrugada, os responsáveis pelos meninos não compareceram à delegacia. Caso isso não aconteça, segundo os PMs, eles poderão ser encaminhado à Fundação Casa.

Um segurança da concessionária contou à policia que a chave do carro estava no contato e que não percebeu a movimentação dos quatro menores, porque estava no interior do estabelecimento. Para deixar o lugar, os menores aceleraram o carro e derrubaram um portão de ferro. Aos PMs, R. teria dito que queria dar uma volta de carro com os amigos e que esta foi a primeira vez que dirigiu.

Mais conteúdo sobre:
crime roubo menor carro SP

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.