Corpo é encontrado em canteiro de obras do Metrô em SP

Operários que trabalham para o Consórcio Via Amarela acharam o homem enrolado em um cobertor

Ricardo Valota, Central de Notícias

16 Abril 2009 | 12h42

Um corpo de uma pessoa com idade entre 20 e 30 anos foi encontrado na madrugada desta quinta-feira, 16, em meio a um carregamento de areia no canteiro central do Consórcio Via Amarela, no bairro do Jaguaré, zona oeste de São Paulo, segundo informações da assessoria da empresa, que realiza obras do Metrô.

 

O corpo, aparentemente de um morador de rua, foi localizado por funcionários depois que a máquina que faz a mistura do concreto travou por causa do cobertor que o envolvia. De acordo com uma agente do 14.º Distrito Policial (DP), de Pinheiros, a vítima trajava calça jeans e blusa de lã.

Segundo a policial, o carregamento de areia, fornecido por uma empresa terceirizada do Consórcio Via Amarela, veio da cidade de Itu, no interior paulista. Assim que chegou, a areia foi despejada na máquina que processa o concreto usado na obra da estação Pinheiros. Os funcionários acionaram a Polícia Militar (PM).

 

Após os trabalhos dos peritos do Instituto de Criminalística (IC), o cadáver foi levado ao Instituto Médico Legal (IML) Central. O caso foi registrado como morte a esclarecer. O Departamento de Homicídios e Proteção à Pessoa (DHPP) fará a investigação.

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.