Estadão - Portal do Estado de S. Paulo

São Paulo

São Paulo » Corpo de homem levado por enxurrada é achado três dias depois

São Paulo

WILLIAM VOLCOV/BRAZIL PHOTO PRESS

Corpo de homem levado por enxurrada é achado três dias depois

Vítima caiu no Córrego do Lajeado, no Itaim Paulista, zona leste, durante as fortes chuvas que caíram no primeiro dia do ano

0

Juliana Diógenes,
O Estado de S. Paulo

04 Janeiro 2016 | 16h47

SÃO PAULO - O corpo de um homem que estava desaparecido desde sexta-feira, 1º, após as fortes chuvas na região metropolitana de São Paulo, foi localizado pelo Corpo de Bombeiros na tarde desta segunda-feira, 4.

Por volta das 20h30 do primeiro dia do ano, ele foi levado pela enxurrada após cair no Córrego do Lajeado, no Itaim Paulista, zona leste da capital.

Os bombeiros encontraram o corpo do homem, que tem aparência de 40 anos, por volta das 13h desta segunda-feira no bairro Chácara Três Meninas, na zona leste. 

Segundo a corporação, o corpo percorreu cerca de cinco quilômetros entre o ponto da queda e o endereço onde foi localizado. Os bombeiros informaram que a Rua Beira Rio, sem número, que foi o local do resgate, é uma região de difícil acesso na Chácara Três Meninas. 

O extremo da zona leste foi a primeira região a receber pancadas de chuva, por volta das 16 horas do dia 1º. Uma hora e 20 minutos depois, o Centro de Gerenciamento de Emergências (CGE) da Prefeitura colocou a região de São Mateus em estado de alerta por causa do extravasamento do Córrego Aricanduva.

Houve transbordamento de quatro córregos na capital - dois na zona leste e dois na zona norte -, deixando carros e pessoas ilhadas. Carros ficaram com água até a altura das janelas e moradores chegaram a improvisar transporte na rua com botes. O Corpo de Bombeiros foi acionado para socorrer quatro pessoas ilhadas no Jardim Iguatemi.

Toda a cidade entrou em atenção para alagamentos às 17h55, prejudicando o transporte público. As Linhas 2-Verde, 3-Vermelha e 5-Lilás do Metrô circularam com velocidade reduzida por causa do acúmulo de água nos trilhos. A capital tinha 13 pontos de alagamento às 20h30 - oito deles intransitáveis.

Encontrou algum erro? Entre em contato

0 Comentários

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.