Confronto com sem-teto deixa 4 feridos no centro de SP

Grupo protestava contra despejo de famílias da antiga sede no INSS; feridos eram guardas municipais

Ricardo Valota e Daniela do Canto, Central de Notícias

18 Junho 2009 | 07h16

Cerca de 150 sem-teto entraram em confronto com agentes da Polícia Militar (PM) e guardas municipais após bloquearem na noite de quarta-feira a pista sentido centro da Avenida Nove de Julho, na região central da capital paulista. Eles protestavam contra o despejo das famílias do prédio da antiga sede do Instituto Nacional do Seguro Social (INSS). A Tropa de Choque da PM teve de intervir com bombas de efeito moral. Quatro guardas municipais ficaram feridos no confronto, mas nenhum com gravidade.

 

No tumulto, alguns móveis foram incendiados pelas famílias, que receberam os policiais munidas de paus e pedras. Às 21h15 a situação já estava normalizada.

 

As famílias, ligadas ao Movimento dos Trabalhadores Sem Teto do Centro (MTSTC), se recusam a ir para abrigos municipais pois alegam que, caso aceitem a ida para esses lugares, estariam deixando de pressionar a Prefeitura em relação a uma solução definitiva de moradia. Os sem-teto prometem permanecer no local. Durante a madrugada de hoje, o entorno do prédio era de completa calmaria. Cerca de 50 famílias ainda estavam no local. Parte dormia numa escadaria ao lado do edifício e parte na rua.

Mais conteúdo sobre:
violência sem-teto confronto SP

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.