Comerciante de Rio Preto é preso por acidente que matou pai e duas filhas

TRÂNSITO

, O Estado de S.Paulo

09 Abril 2010 | 00h00

Dono de um posto de combustível em área nobre de São José do Rio Preto, a 440 km de São Paulo, Ronaldo Antonio Suaiden, de 51 anos, foi preso na quarta-feira por causar a morte de três pessoas em um acidente em 2001. O mandado de prisão foi expedido pelo Tribunal de Justiça (TJ) em 11 de maio do ano passado. Suaiden era procurado por ter sido condenado a pena em regime semiaberto, por triplo homicídio culposo. Em 29 de julho de 2001, ele dirigia um Audi em alta velocidade quando bateu no Vectra do fazendeiro Aureliano Antônio Miglioli, de 42 anos. Miglioli e as filhas de 7 e 6 anos morreram. "Vejo a prisão com satisfação, porque quase ninguém vai preso por matar no trânsito", disse o promotor Odival Ciccote, que atuou na acusação.

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.