Cissa Guimarães se revolta com decisão

A atriz Cissa Guimarães afirmou, na noite de sábado, estar "indignada" com a decisão judicial que alterou a acusação de homicídio doloso (quando há intenção de matar) para homicídio culposo de trânsito (quando não há intenção) contra o acusado pelo atropelamento e morte de seu filho Rafael Mascarenhas, em 2010. Ela fez as declarações em sua página no Twitter, um dia após a decisão do juiz Jorge Luiz Le Cocq, da 2.ª Vara Criminal, que beneficiou Rafael de Souza Bussamra, acusado pelo crime.

O Estado de S.Paulo

23 Julho 2012 | 03h01

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.