Chuva fecha Aeroporto de Congonhas e põe capital paulista em estado de atenção

O frio continuou ontem em São Paulo, mas foi a chuva que trouxe mais transtornos. Ela causou a suspensão das operações de pouso e decolagem no Aeroporto de Congonhas das 14h48 às 15h30, quando passou a operar por instrumentos. Até 17h, 14 voos haviam atrasado (15,7% do total). A chuva também fez a Prefeitura decretar estado de atenção em toda a cidade às 15 horas. O Centro de Gerenciamento de Emergências (CGE) registrou 19 pontos de alagamento na capital.

O Estado de S.Paulo

18 Julho 2012 | 03h05

De acordo com a empresa Climatempo, as nuvens diminuem só amanhã, mas haverá névoa pela manhã e frio. A temperatura máxima na capital não passa dos 17ºC e a mínima prevista é de 9°C.

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.