Chão cede e casal de idosos cai em poço em São Paulo

Segundo subprefeitura, imóvel foi construído sobre vala, sem estrutura; eletrodomésticos foram engolidos

Solange Spigliatti, da Central de Notícias,

23 Novembro 2009 | 15h05

Um casal de idosos, de 65 e 61 anos, ficou ferido após o chão da cozinha onde moram ceder, na tarde deste domingo, no bairro de Vila Mendes, na região de Vila Prudente, zona leste de São Paulo.

 

Segundo a Subprefeitura de Vila Prudente, a casa foi construída em cima de um poço, de aproximadamente 30 anos, sem nenhuma estrutura. O imóvel está interditado desde ontem e ficará sob responsabilidade do proprietário contratar um engenheiro para fazer um laudo técnico para a liberação do imóvel.

 

O acidente aconteceu por volta das 14h30, quando Cândido Alves de Souza, de 65 anos, e sua esposa, Maria de Lourdes, de 61 anos, estavam na cozinha da casa. O chão cedeu e os dois caíram no poço, que estava cheio com água contaminada, segundo a subprefeitura. O buraco engoliu a geladeira, o fogão e outros objetos.

 

Souza foi o primeiro a ser retirado e teve apenas ferimentos leves e foi encaminhado para o Hospital da Vila Alpina. Maria de Lourdes foi socorrida por uma equipe do helicóptero Águia e levada para o Hospital Santa Marcelina, onde está internada na Unidade de Terapia Intensiva.

 

Segundo a Defesa Civil, o surgimento do poço será avaliado por especialistas. A Defesa Civil fará a drenagem do poço e vai tampar o buraco.

Mais conteúdo sobre:
SP

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.