Brasileiros são o 4º grupo com maior nº de detidos na Europa por imigração ilegal

LEI MAIS RIGOROSA

, O Estado de S.Paulo

29 Outubro 2010 | 00h00

Os emigrantes brasileiros estão entre os mais afetados pelo endurecimento das leis contra estrangeiros na Europa. Desde o início de 2009, quando muitas das novas normas de imigração entraram em vigor, mais de 23.400 brasileiros foram presos por viver ilegalmente e sem autorização de trabalho. O número de brasileiros detidos só perde para os imigrantes irregulares de Marrocos, Afeganistão e Albânia. É a primeira vez que a Europa torna público o número de detenções de estrangeiros e sua nacionalidade. Em 18 meses, 574 mil estrangeiros foram detidos. A agência de fronteiras da União Europeia não divulga os números de 2008 e 2007, mas avalia que não esteja aumentando o fluxo de brasileiros. O alto número de detidos seria reflexo do recrudescimento das políticas de imigração. Associações de brasileiros começam a se mobilizar, com pedidos de intervenção ao Itamaraty. "Há muitos que estão na Europa há anos e perdem tudo", diz a integrante de uma associação, que não quer se identificar.

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.