Blocos de casa despencam em ponto de ônibus

Blocos de casa despencam em ponto de ônibus

Um homem de 35 anos sofreu traumatismo craniano anteontem ao ser atingido por blocos que despencaram de um sobrado na Rua João Pereira, na Lapa, zona oeste da capital paulista. Uma corretora e um PM também se feriram e permaneciam internados ontem, sem risco de morte, no Hospital dos Clínicas. Os nomes não foram divulgados.

Elvis Pereira, O Estadao de S.Paulo

01 Abril 2010 | 00h00

O desabamento aconteceu por volta das 23h30. O sobrado abriga uma pastelaria e uma agência de empregos. "Escutei um estrondo forte, pensei até que fosse uma batida de carro", contou uma vizinha do imóvel que se identificou apenas como Aline. As três vítimas estavam em um ponto de ônibus.

Ontem à tarde, o Hospital dos Clínicas informou que o estado do homem com traumatismo no crânio era considerado grave. A Defesa Civil vistoriou o imóvel na manhã de ontem e o liberou ao constatar a ausência de danos na estrutura. Segundo a polícia, o dono do sobrado deverá ser indiciado por lesão corporal culposa (sem intenção). /

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.