GABRIELA BILÓ/ESTADÃO
GABRIELA BILÓ/ESTADÃO

Bloco Urubó faz ensaio aberto na Freguesia do Ó em clima de interior

Crianças com sprays de espuma em mãos, vizinhos que se cumprimentavam e algumas senhoras - muitas frequentadoras da igreja da Matriz de Nossa Senhora do Ó - se concentraram em torno da bateria

Marcela Paes, O Estado de S. Paulo

14 Janeiro 2018 | 19h24

SÃO PAULO - O clima de cidade de interior do Largo da Matriz, na Freguesia do Ó, deu o tom do primeiro ensaio aberto deste ano do Bloco Urubó, neste domingo, 14. Crianças com sprays de espuma em mãos, vizinhos que se cumprimentavam e algumas senhoras - muitas frequentadoras da igreja da Matriz de Nossa Senhora do Ó - se concentraram em torno da bateria do grupo.

“Aqui não tem baixaria. Quem vem já se conhece ou aparece com alguém do bairro”, diz  a vendedora Fátima de Freitas. Ela e a amiga Lilian Chialastri, que também mora na zona norte, acompanham o Urubó desde o início do grupo, em 2010. As duas pretendem voltar aos outros ensaios que precedem o desfile oficial dos Urubus no sábado e domingo de Carnaval. 

“Gente, cuidado para não esquecer lata de cerveja jogada em frente às casas”, bradava no microfone um dos integrantes. A limpeza do entorno e a manutenção do sossego são algumas das principais preocupações do grupo, diz Fernando Regatieri, que integra a bateria. 

“Se alguma criança se perde, a música para até que a gente encontre. Se começa uma briga também. Não voltamos a tocar até que a confusão pare. O bloco foi criado por moradores e é para todo mundo se divertir”, diz Regatieri. 

A trilha sonora, que privilegia as marchinhas antigas, também é um dos atrativos para quem prefere um carnaval mais tradicional. O grupo promove um resgate dos hit clássicos e faz versões para músicas novas. “Quem vem aqui normalmente não quer ouvir Anitta”, ria o empresário Sérgio Riba, que veio ao bloco trazido por amigos.

Outros blocos também começaram suas temporadas carnavalescas neste fim de semana. O Ilú Obá de Min ensaiou no Vale do Anhagabaú e o Minhoqueens fez esquenta na Treze de Maio, ambos no centro da capital.

Mais conteúdo sobre:
Bloco de Carnaval

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.