Blecaute atinge doze estados do País e o Distrito Federal

Queda de energia foi causada por problema na Usina de Itaipu, segundo o ministro Edison Lobão

estadao.com.br,

10 Novembro 2009 | 22h25

Imagem do Bairro do Limão, zona norte de São Paulo, na noite de terça. Foto: Keiny Andrade/AE  

 

SÃO PAULO - Um blecaute atingiu grande parte do País por volta de 22h15 desta terça-feira, 10. Os Estados do Acre, Pernambuco, Mato Grosso, Mato Grosso do Sul, Goiás, Minas Gerais, Rio de Janeiro, São Paulo, Paraná, Santa Catarina, Rondônia, Roraima e o Distrito Federal foram afetados. Além disso, o Paraguai sofreu com a falta de energia. De acordo com o ministro de Minas e Energia, Edison Lobão, um 'desligamento' total da Usina de Itaipu causou uma queda em efeito cascata em outras linhas do Sistema Integrado Nacional. O ministro afirmou que 14 mil megawatts foram desligados, possivelmente por causas atmosféricas.

 

"A usina de Itaipu já foi reenergizada, portanto já está em condições de fornecer os 14 mil megawatts de energia para o sistema. Resta saber ainda como se encontram as linhas de transmissão", disse o ministro. Ele levantou a possibilidade de que raios possam ter provocado a falha nas linhas de transmissão.  

 

Gilmar Piola, assessor de comunicação da Itaipu, em entrevista à 'TV Globo' afirmou que o motivo do problema ainda não foi identificado, mas que a maior hidrelétrica do País pode permanecer "um, dois ou três dias nesta situação, não há como prever." Porém, Piola assegurou que usinas termoelétricas podem aumentar sua produção de energia e suprir a demanda.  

 

A Agência Nacional de Energia Elétrica (Aneel) também se pronunciou, porém, apenas para informar que não sabe a causa do problema, mas irá divulgar uma posição assim que tiver informações oficiais. 

 

Veja também: 

link Celular, bateria e gerador salvam twitteiros

  

  

Mais conteúdo sobre:
apagão blecaute São Paulo

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.