Tiago Queiroz/Estadão
Tiago Queiroz/Estadão

Beco do Batman é atração turística na Vila Madalena

Com paredes e muros estampados com grafites, local se tornou uma galeria de arte a céu aberto

O Estado de S.Paulo

18 Dezembro 2014 | 09h06

A tradição de estampar os muros das ruas Gonçalo Afonso e Medeiros de Albuquerque, na Vila Madalena, começou na década de 1980, quando um grafiteiro desenhou sua versão do super-herói ‘Batman’ em uma das paredes. Muita gente achou a ideia divertida, e então, a cada dia, apareciam desenhos novos, geralmente feitos por estudantes de artes plásticas, com influência cubista e psicodélica.

Assim surgiu o Beco do Batman, uma galeria de grafite a céu aberto no coração da ‘Vila Madá’. Próxima à estação Clínicas do Metrô, a galeria é formada por ruas estreitas e, por isso, deve ser visitada a pé ou de bicicleta.

Atualmente, as paredes das ruas são preservadas pela própria comunidade e seus desenhos são feitos por artistas renomados, o que torna as paredes cada vez mais disputadas. O Beco tornou-se um ponto turístico obrigatório para os amantes das artes urbanas.

É interessante notar que os desenhos são constantemente renovados, de modo que cada visita se transforma em uma nova experiência. Uma nova pintura é sempre encontrada no local, o que faz com que o visitante retorne mais de uma vez para apreciar as obras.

Informações:

Beco do Batman

Rua Gonçalo Afonso e Rua Medeiros de Albuquerque – Vila Madalena

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.