Bebê de 6 meses morre durante perseguição policial no interior

O carro em que a criança estava teria fugido de um bloqueio policial e capotou na Rodovia Francisco da Silva Pontes, em Itapetininga

José Maria Tomazela, O Estado de S.Paulo

20 Setembro 2016 | 10h34

SOROCABA - Um bebê com seis meses de idade morreu durante uma perseguição policial, na noite de segunda-feira, 19, em Itapetininga, interior de São Paulo. O carro em que ele estava com a família era perseguido por uma viatura da Polícia Militar e capotou na Rodovia Francisco da Silva Pontes (SP-127). Outra criança de quatro anos que também estava no veículo sofreu ferimentos e foi levada a um hospital da cidade, mas passa bem.

Segundo a PM, no carro estava um traficante de drogas e o motorista, pai da criança, teria fugido de um bloqueio policial na área urbana de São Miguel Arcanjo, dando início à perseguição. Alguns quilômetros à frente, já no distrito de Gramadinho, o motorista perdeu o controle do veículo e capotou.

O homem apontado como traficante, que seria tio das crianças, conseguiu fugir. Os policiais relataram terem encontrado uma porção de maconha no veículo, além de dinheiro.

O casal foi levado ao plantão da Polícia Civil em Itapetininga. O condutor do carro foi autuado por tráfico de drogas e por homicídio doloso, já que, ao fugir, teria assumido o risco de causar a morte do próprio filho. A mulher prestou depoimento e foi liberada.

A Polícia Civil informou que o carro será submetido à perícia. As causas do acidente, bem como da morte do bebê, serão investigadas. O outro ocupante do carro é procurado.

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.