Bando atacava táxis que saíam de Cumbica

A polícia divulgou ontem a prisão de dois líderes de uma quadrilha responsável por assaltar táxis na zona sul da capital. Os bandidos foram detidos no começo de novembro e, segundo o delegado responsável pelas investigações, teriam cometido pelo menos 40 roubos nos últimos três meses. O alvo era sempre táxis da cooperativa Guarucoop, saídos do Aeroporto de Cumbica.

FELIPE TAU, O Estado de S.Paulo

20 Dezembro 2011 | 03h04

Carlos Alexandre Amado, o Xandi, de 30 anos, e Adriano Luiz da Silva, o Ceará, de 27, foram presos na Favela Vila Santa Catarina, onde moravam, entre os dias 5 e 8 do mês passado. Ambos tinham passagem por roubo e foram identificados por meio do cruzamento do banco de dados da Polícia Civil com os boletins de ocorrência registrados pelas vítimas. A quadrilha seria formada por pelo menos cinco pessoas. Um terceiro identificado, Rafael Gonzaga de Oliveira, de 27 anos, está foragido.

De acordo com o delegado Fábio Antônio Bolzani, os bandidos circulavam com uma Parati pertencente a Xandi e, assim que avistavam um táxi da Guarucoop - com faixas azuis nas laterais -, iniciavam a perseguição. A abordagem era feita no desembarque do passageiro.

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.